sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Blusa com mangas japonesas e tricô rendado


 Escolhi esta receita ( apenas o esquema dos pontos, pois ao invés do jacquard, vou fazer um ponto rendado) para treinar com o carro "L" (carrinho verão), já que eu não tenho nenhuma prática. Sendo apenas duas peças (frente e costas), ficam bem grandes e dá para fixar melhor o aprendizado do manejo do carrinho. A máquina é uma Brother 830, e na Brother para se fazer o tricô rendado (crochê), são usados dois carros que já fazem parte da máquina, isto é, quando se compra já vem junto. Para fazer rendados não é necessário que a máquina tenha pente (frontura).


Como o ziguezague está em alta na moda, a cartela foi a 24D. O manual diz que as cartelas perfuradas, de 20D à 25D são especiais para o Ponto Rendado (crochê) ou o Rendado de meio ponto (ainda não sei o que seria), ambos com o uso do carro "L". Note-se na margem esquerda da cartela as setas em vermelho (que significam a direção do carro "L", de verão) e as setas em azul (que significam a direção do carro "T", o principal). Quando as setas das duas cores aparecem na mesma carreira, isto quer dizer que: primeiro se deve movimentar o carro "T"(o grande - seta azul) e depois o carro "L"(o pequeno - seta vermelha). Com um pouco de paciência e bastante atenção, sai certinho.


 Escolhi uma linha bouclê, fina o bastante para um trabalho delicado e fui seguindo a receita. Tricotei algumas carreiras em ponto meia, pendurei os pesos, coloquei a cartela e iniciei o rendado, seguindo os aumentos que a receita manda. Quando se tece o rendado, o manual orienta: "toda vez que as agulhas das extremidades sejam selecionadas pelo passar do carrinho verão, empurre-as de volta, com o dedo, para a posição "B". Faça sem receio, de que o ponto se desprenda."  Por minha conta, antes de passar o carro "T" eu trago as agulhas das extremidades (a ultima do lado direito e a última do lado esquerdo) para a frente (posição "E"), acho que isso faz com que os pontos não caiam.


 Depois de tecer e unir uma parte à outra pela linha do ombro, dei uma conferida no tamanho. As laterais ainda estão abertas, pois ainda falta tecer os punhos e barras antes de fechar.

.
 Para fazer os punhos e barras, usei o pente (frontura) e fiz sanfona 1x1. Selecionei as agulhas (uma sim outra não, e as das extremidades são sempre as da máquina), troquei o basculante para o da frontura, inseri o fio, regulei os carros (máquina e frontura), passei a primeira carreira e coloquei o pente com arame + pesos. Tornei à regular os carros para fazer a orla perfeita. Pronta a orla, regulei novamente os carros para tecer a sanfona.


 Depois de tecida a sanfona, passei os pontos da frontura para a máquina.


 Para esse transporte se usa a agulha com dois orifícios.


Com todos os pontos na máquina, abaixei a frontura para seguir com o trabalho usando só a máquina.


 Tirei o basculante da frontura sem cortar o fio, bastando desencaixá-lo.


 Coloquei novamente o basculante da máquina.


 Depois de enfiar o fio no alimentador, fechei a alavanca.


Coloquei um pano para evitar do trabalho se enganchar nas agulhas da frontura. Costurei as partes da blusa na própria máquina, mas poderia costurar à mão como manda a receita. A sanfona já estava na máquina e fui colocando a parte que queria costurar, ponto por ponto, sobre os pontos da sanfona. Antes, verifiquei o direito e avesso do trabalho se estavam na posição certa. Imaginando a linha da costura, o avesso da frente da minha blusa, estava para o meu lado.


 Os pontos foram distribuídos + ou - já que eu tinha "carreiras" para colocar sobre "pontos", pois essa blusa morcego foi tecida em sentido contrário.


 Coloquei os pontos na máquina para fazer a costura e  distribuí os pesos. A carreira ia fechar as partes (o disco de tensão em número bem maior, para a costura não ficar apertada - poderia usar um fio mais fino, da mesma cor ). Passei o carro com cuidado.


O resultado das mangas seria mais bonito se os desenhos do ziguezague não estivessem interrompidos.


 Punhos e barras já costurados.


 Detalhe do ponto rendado.


Faltando o acabamento do decote e as costuras laterais.


Peso final da blusa = 100 gramas, uma peça bem leve com um pequeno gasto de fio.


 Parte das costas.


 Uma peça com algumas tendências do verão 2012: rendado, cor tangerina e ziguezague.


O ponto em renda tornou a peça delicada e a linha usada deu um toque macio. O colar com pingente em forma de coração, tem a cor da blusa e passaria desapercebido não fossem os detalhes em prata e strass.

15 comentários:

  1. Ola Bete boa tarde.Gostaria de saber se você da aula para maq. superba S47 ou conhece alguem.Obrigada Fatima......

    ResponderExcluir
  2. Oi Fátima, eu não dou aulas, ainda estou aprendendo, sòzinha. Não conheço quem dê aulas na Superba. Aliás, não conheço quase ninguem no mundo das máquinas de trico. Espero que vc encontre. Abraço.

    ResponderExcluir
  3. Olá, conhece algum site que venda cartelas virgens p/ máquina de tricô? Se existisse, facilitaria a vida, pois atualmente isso parece um produto extinto em lojas. No RJ, é preciso ir até um bairro distante da Zona Oeste para comprar essas relíquias.

    Agradeço sua atenção,
    Alê

    alecrim75@hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você encontra cartelas virgens e furadas, bem como furador na loja Maq Fios. Eles vendem pela internet.

      Excluir
    2. Também tem todos os acessórios originais na loja Lanofix
      www.lanofix.com.br

      Excluir
    3. Também tem todos os acessórios originais na loja Lanofix
      www.lanofix.com.br

      Excluir
  4. Olá o meu nome é Maria José, resolvi montar novamente a minha máq de tricotar, uma Brother 830, para matar saudades de tricotar à máq pois adorei trabalhar nela e ainda hoje gosto muito de tricotar também à mão.O problema é que não me lembro de como se trabalha com a máq. nem como se começa qualquer tipo de trabalho; o canelado do cós, etc, pois não faço a mínima ideia que botões dos carros e em que posições devem estar ,etc. Gostaria que se possível alguém me pudesse ajudar com algum manual bem explicadinho para o meu mail. Mil obrigados. Já agora, a blusa ficou fabulosa com um trab lindissimo e uma côr espectacular.

    ResponderExcluir
  5. adorei sua blusa, vc disponibiliza a receita?

    ResponderExcluir
  6. onde eu encontro a cartela virgem pra comprar? pode indicar algum site? na cidade onde moro não vendem mais..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. www.lanofix.com.Brasil
      Telefone 11 32234900

      Excluir
  7. Boa noite, Bete.
    Achei linda essa blusa, um trabalho muito delicado.
    Que regularem você usou e quantos cabos do fio?
    Grata pela atenção
    Marcia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marcia, eu não lembro mas vou procurar num caderno de anotações para ver se está lá, e daí te falo. Abraço.

      Excluir
  8. Eu ja tive dessa máquina com 400 agulhas,não é simples assim de tecer e o tricô fica como feito industrial, eu gosto mais artesanal

    ResponderExcluir